Sem categoria

Setembro Amarelo: entenda a importância da conscientização

setembro 9, 2020
Tempo de leitura 2 min

Credi Dicas

O Setembro Amarelo foi criado com o intuito de informar e conscientizar as pessoas sobre como podemos prevenir o suicídio. O principal objetivo é conscientizar e alertar a população a respeito desta realidade em todo o mundo, educando e informando  além de aumentar o diálogo e discussões que abordem o tema.

Durante todo o mês de setembro, ações são realizadas a fim de sensibilizar a população e os profissionais da área da saúde para os sintomas desse problema e para a saúde mental, visto que é uma questão de saúde pública.

Como identificar alguém que pode estar propenso a este problema?

Se a pessoa:

  • Apresentar irritabilidade, pessimismo ou apatia;
  • Sofrer mudanças nos hábitos alimentares ou de sono;
  • Ter casos de doenças psiquiátricas, doenças físicas crônicas, doenças orgânicas limitantes e dolorosas;
  • Apresentar sentimentos de ódio, culpa, vergonha, solidão, impotência e desesperança;
  • Falar repentinamente sobre morte ou suicídio;
  • Apresentar personalidade impulsiva, convívio social conturbado, agressiva ou humor instável.

Como podemos ajudar?

Algumas ações e atitudes são fundamentais para ajudar pessoas que apresentam estes comportamentos. Acreditar e levar tais situações de riscos à sério, é o começo.

Demonstrar respeito, apoio e suporte emocional, bem como entender a situação em que a pessoa se encontra para buscar o auxílio de pessoas próxima ou de um profissional médico. Nunca ignorar o problema!

Recursos e fontes de apoio

É importante que pessoas que tendem a este problema tenham recursos e fontes de apoio para obter a ajuda necessária. Familiares , amigos e colegas são as principais bases, seguidas de ajuda profissional, como psiquiatras e psicólogos.

O CVV (Centro de Valorização da Vida) , também oferece as devidas orientações sobre o assunto pelo telefone (ligue para o 188)

https://www.youtube.com/user/CVVdivulgacao

 

Faça a sua parte! Ajude quem precisa e faça o bem!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário