Sem categoria

Como o coronavírus pode impactar na economia?

janeiro 30, 2020
Tempo de leitura 2 min

Sabemos que o coronavírus teve origem na China, segunda maior economia do mundo, e fez muitas vítimas fatais com sua rápida propagação. Não bastasse isso, o vírus está surtindo efeito em toda a economia global, visto que a desaceleração da economia chinesa impacta os demais mercados mundiais. Mas afinal, por que um vírus pode afetar diretamente a economia internacional?

Sinal de alerta

Recentemente, a OMS (Organização Mundial de Saúde) reclassificou o vírus de “moderado” para “elevado”, dito a rápida propagação da epidemia chinesa, o que ligou o sinal de alerta nas economias de todo o mundo. As consequências do fato repercutiram diretamente no mercado financeiro e as bolsas começaram a semana em queda no mundo todo, graças a insegurança e instabilidade causados pela situação.

E o Brasil?

Como no restante do mundo, o Brasil também foi afetado pela vulnerabilidade do mercado chinês devido ao surto. O Ibovespa começou a semana em queda, tendo a menor baixa desde março de 2019. Atualmente, o Brasil tem a China como um dos principais parceiros comerciais e depende das exportações do país.

Qual é o panorama econômico?

Mesmo com o status de “elevado” e ainda causando estragos, as autoridades chinesas já estão atuando fortemente para conter a propagação do coronavírus, além de investir e anunciar diversos projetos imediatos para diminuir os estragos, como investir em vacinas contra o vírus e alterar as comemorações do ano novo chinês, prolongando o feriado para que as bolsas do país voltem estáveis depois do break. Por isso, tais ações já apresentaram efeitos positivos nos mercados mundiais.

As ações do governo chinês para reduzir os impactos na economia dão mais segurança e estabilidade ao mercado por hora, acarretando em uma tímida alta nas bolsas globais. O que pode se dizer é que o vírus está sendo um combustível para a instabilidade econômica atual no curto-prazo.

 

Mas, é cedo para afirmar que o vírus letal possa interferir bruscamente na economia mundial. Por isso a longo-prazo, segundo especialistas financeiros, não podemos ficar temerosos quanto aos riscos do coronavírus para a economia, visto que os efeitos já estão sendo revertidos e minimizados, para que os mercados voltem a seus ritmos normais.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário