Dia a Dia

Adote um amicão ou amicat

abril 29, 2020
Tempo de leitura 2 min

Animais em ONGs e Institutos

ONGS e protetores dos animais afirmam que a procura por adoções de animais como cães e gatos tiveram um aumento de até 50% neste período de quarentena.

Um cenário positivo, que mostra a solidariedade e a vontade que as pessoas já possuíam em adotar estes companheiros. Com mais tempo em casa, essa se tornou a hora apropriada, para dar atenção e cuidar da adaptação dos bichinhos.

Mas, também existe uma preocupação destes institutos que essa ação seja apenas temporária, e que, após este isolamento os animais ficarão sem atenção.

Por isso, deve se colocar como mais importante, a rotina da família e se conseguirão sustentar este desejo.

Pesquisas apontam

Um levantamento realizado pelo Instituto Pet Brasil aponta que a população de cães e gatos alojados em organizações não governamentais como ONGS e instituições é de 172 mil. 96% desses animais são cães e os outros 4% são gatos.

Fora este quadro, existem 3,9 milhões de animais em condições de vulnerabilidade, que vivem abaixo da linha de pobreza ou nas ruas.

Hora de decidir

Sabendo que ainda dá tempo para escolher um novo companheiro, que tal analisar esta possibilidade?

Vale uma dica, para a adoção cada instituto pode avaliar os seguintes fatores:

– Condições financeiras

– Condições do espaço

– Se é para uma família ou pessoa solteira

Depois, é só aproveitar!

Prepare um novo espaço na casa para ele, ele merece um cantinho assim como nós! Alimentação adequada, brinquedos para distrair e muito carinho e atenção!

E tenha a certeza, é uma ótima ação, segundo os médicos, os animais podem reduzir o nível de estresse e ansiedade ainda, dar suporte emocional.

Dicas Instagram de Ongs

Separamos alguns links para você dar uma olhada nessas fofuras!
 

https://www.instagram.com/julianaamarante/

https://www.instagram.com/stories/miadosurbanos/

https://www.instagram.com/adoteumcoracao/

https://www.instagram.com/esdras_protetor/

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário