Mercado imobiliário

6 dicas do que levar em conta antes de comprar sua casa

fevereiro 15, 2019
Tempo de leitura 6 min

Ao comprar uma casa é comum surgirem alguns receios, afinal o investimento é grande e será a sua residência e da sua família, portanto todos devem ficar satisfeitos com o imóvel.

Nessa hora, é preciso saber como fazer a busca, o que analisar, quais são as opções de pagamento e como tornar esse processo mais fácil, tendo em vista que a burocracia pode atrapalhar e atrasar a compra.

Neste texto, vou mostrar 6 dicas sobre o que considerar antes de comprar um imóvel, para você ficar mais tranquilo nessa hora. Confira!

1. Defina seu imóvel ideal

A primeira coisa a levar em conta ao é definir qual é o seu imóvel ideal. Isso é fundamental para que você consiga achar a melhor opção e facilita também os próximos passos.

Você pode querer uma casa usada por ter um valor mais baixo, por exemplo, ou um imóvel novo para ter a garantia de que tudo está em ordem e não é necessário fazer reformas para a manutenção do bem.

Aqui você já pode decidir o número de cômodos que quer, tamanho dos quartos, quantidade de banheiros, como será o espaço externo ideal e todos os outros itens importantes que a sua casa perfeita deve ter.

Seguindo isso você não se deixará levar por imóveis com valores baixos, mas que não atendem às suas necessidades, fazendo você se arrepender da compra a longo prazo.

2. Pense em como será a forma de pagamento

Também é importante pensar em como será a forma de pagamento: isso ajudará a descartar algumas opções que não se encaixam no seu orçamento ou não aceitam a forma de pagamento que você quer usar.

Os financiamentos costumam ser a opção mais procurada e vantajosa, pois eles permitem um pagamento a longo prazo dividido em parcelas mensais que podem variar de acordo com as suas possibilidades.

Além disso, existem várias opções no mercado, com um valor de entrada maior e parcelas reduzidas, tipos diferentes de juros ao mês, tempo máximo para pagamento e custo total do investimento.

Por isso, é importante decidir a forma de pagamento previamente. Assim você não perde um bom negócio por não conhecer todas as suas opções ou como será feita a negociação.

3. Filtre as melhores opções

Depois de definidas as questões anteriores, é hora de procurar as opções na sua região ou onde você quer morar e filtrar aquelas que se encaixam nas suas necessidades, expectativas e possibilidade de pagamento.

Aqui você deve considerar os pontos anteriores para fazer uma boa escolha. Veja os imóveis que são do tamanho ideal e com os cômodos que você quer, além de verificar o valor e as formas de pagamento (alguns vendedores não aceitam o financiamento ou querem entradas muito altas etc.).

Contar com a ajuda de um corretor de imóveis facilitará a sua busca e também impede que você perca tempo com imóveis que não agradarão a você ou à sua família. Como esse é um momento muito importante, você deve focar as negociações e pesquisas em casas de que gostou e que caibam no seu orçamento.

Sem filtrar as opções você poderá perder muito tempo analisando e negociando imóveis que, na verdade, não satisfazem suas necessidades ou não se encaixam no orçamento, sem contar que pode deixar passar ótimos negócios porque está com a atenção voltada para outras casas.

4. Analise como é a região

Depois de separadas as melhores opções para comprar uma casa, é preciso analisar com atenção como é a região em que o imóvel está localizado, considerando alguns pontos importantes nessa hora, como o comércio próximo e outras referências.

Lembre-se de que um imóvel bem localizado facilita o dia a dia, melhora a rotina e ajuda a manter a boa qualidade de vida da família, tendo em vista que todos gastarão menos tempo no trânsito ao ir e vir da escola ou do trabalho, sem contar a economia com transporte e a segurança.

Além disso, uma boa região também oferece ótima possibilidade de valorização para o imóvel, principalmente em loteamentos ou bairros que tenham expectativa de crescimento e urbanização.

A região é um fator fundamental para a sua casa. Ela potencializa o seu investimento, garantindo que haverá a valorização para aumentar o seu capital e facilitando o dia a dia de todos da família, que poderão se deslocar mais facilmente pelo bairro.

5. Veja como estão as condições do imóvel

Parece uma dica boba, mas verificar como estão as condições do imóvel é muito importante para não cair em armadilhas e maus negócios. E lembre-se de que isso não serve somente para as casas usadas: as novas também devem ser avaliadas.

Aqui você deve verificar como está a estrutura do imóvel e pode precisar da ajuda de um profissional que faça uma análise mais detalhada. Isso é fundamental para ver se há condições de moradia ou se será necessária uma reforma grande.

Também olhe os acabamentos, pisos, pintura, condições dos móveis etc. É comum que esses problemas sejam mais visíveis e fáceis de avaliar, mas, para evitar surpresas, não deixe de somar tudo o que será necessário arrumar.

Depois verifique toda a instalação elétrica e hidráulica da casa. Problemas nessas áreas podem ser perigosos para você e sua família, com risco de curtos-circuitos e grandes vazamentos. Arrumar isso também demandará um bom investimento.

6. Avalie se a casa está dentro do orçamento

Depois de considerar todos os pontos anteriores, antes de comprar uma casa é fundamental computar também o quanto será gasto com a mudança, reformas, consertos e outros serviços que não estão incluídos na compra e venda, para não deixar nada de fora e ter surpresas desagradáveis no futuro.

Seguindo essas dicas do que levar em conta antes de comprar uma casa você conseguirá fazer o negócio com segurança e sem surpresas. Não esqueça de contar com empresas de confiança: uma imobiliária ou corretor para auxiliar na escolha e negociação do imóvel, a credimorar para agilizar o processo de financiamento e uma empresa de frete, que pode ser indicada por algum amigo ou parente..

Agora que você já sabe o que considerar antes de adquirir um imóvel, entre em contato e entenda como a credimorar pode ajudar na conquista do seu imóvel!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário